quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Numa Varanda também pode surgir um samba

Alguns grupos de samba tem certa criatividade para nomes como Katinguelê e Exaltasamba, já alguns usam referências de outros grupos ou músicas. Por exemplo o grupo Pedindo Bis que é inspirado no título de uma musica do Katinguelê ou grupo Sentimento de Posse que é uma música do grupo Pirraça e assim por diante. Cito um nome derivado digamos da “arquitetura”, pois temos os grupos Fundo de Quintal, o Frente de Casa e o Varanda. Mas hoje vamos falar desse último que é um grupo raro.

A rapaziada teve seu início em 1983 na Zona Leste de São Paulo e tinha componentes do Itaim Paulista, São Miguel Paulista, Ermelino Matarazzo. Muitos pensam que o grupo era de Ferraz de Vasconcelos, devido a uma participação deles em 1987 no quadro Cidade x Cidade  apresentado por Gugu Liberato no SBT. Porém eles acabaram representando o município e ganharam a doação de uma ambulância de prêmio, no final valeu a pena, o samba venceu.

O disco que colocamos a disposição é uma raridade, foi gravado de forma independente em 1991 , pela Terapia Discos. Não poderia deixar de citar a foto da capa, chão batido, bem periferia dos anos 80/90 e a da contracapa que traduz o nome do grupo, trabalho do fotógrafo Adelfo Junior com layout de Katmandu.

É um disco que chega a ser bem cru, mas é caprichado,  com teclados equilibrados e um violão de 7 e cavaco  inspirados. Surpreendeu que no inicio da década de 90 a rapaziada conseguiu uma boa qualidade instrumental. Uma das letras é bem humorada e até soaria como preconceituosa hoje (como Melô da Mulher). Destaco as belíssimas Vida e Sou Mulher Sou Mais Eu. E também as faixas Samba (essa uma declaração de amor ao ritmo) e a boemia Clima de Bar. O partido Solidão do Menor tem a temática social que marcou o grupo com o sucesso Moleque de Trem.

Os arranjos foram de Adailton Santos com produção de Escurinho. Co-Produção de Adilson Aragão e Noca Batuira (esse último também fez muito bem os arranjos de vozes). Além dos componentes do grupo, participaram da gravação, Adailton Santos no contra baixo e violão, Lucas na bateria, Tiel no baixo e Karan nos teclados. A formação do grupo foi mudando conforme os anos mas marcaram presença nomes como Fio do Violão de 7 ,Luizinho Sorriso da Timba, Beto Guilherme no repique, Didi Graveto cavaco/violão, Telo cavaquinho, Tuca do pandeiro e Eder Silva no surdo. Nas composições temos a maioria de componentes do próprio grupo exceto duas composições de Edson Cachoeira e Wagner Santos.

Lançaram quatro músicas que saíram em duas coletâneas da Disco Ban (da Rede Bandeirantes)  respectivamente em 1985 e 1987 (Pagode Pra Valer volumes 1 e 2). Na coletânea de 1985 entraram as músicas Moleque de Trem e África do Sul e em 1987 Paixão Pela Flor e Jornaleiro. As que ficaram mais conhecidas foram Moleque de Trem (Beto Guilherme/Tuca) e Paixão Pela Flor (Eder Silva). O grupo parou suas atividades em torno de 1995.

Sempre foi citado que Beto Guilherme fez parte do grupo Varanda até 1989 e foi um dos fundadores, por isso criou-se certa curiosidade em torno disso.O cantor se lançou solo em 1990 nas coletâneas da choperia Só Pra Contrariar fazendo enorme sucesso com a música Agenda. Música essa que também saiu na coletânea Band Brasil 4 (1994/RGE).   Aliás, Beto Guilherme,  até hoje esta na ativa e faz suas apresentações por aí afora.

Obs: O trabalho de resgate do disco foi das comunidades no facebook, Bandeira do Samba e Planeta Samba

Clique na capa e curta na varanda, na sala, no quintal... (inclui quatro faixas bônus)

http://www55.zippyshare.com/v/94193135/file.html




Nenhum comentário: