quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Grupo Geração, o pagode do ABC paulista



Raridade! sabe aquela impressão de que você esta com a ostra na mão e dentro dela haverá um linda pérola? é assim que as vezes me sinto quando cruzo na internet com LPs raros ou peço para algum amigo tal disco e a resposta é: Tenho! vou te mandar!. Esse foi pescado, com autorização do Juninho Ferracini, na sua comunidade Planeta Samba.  

E por isso compartilho hoje uma dessas joias raras, que é o LP do Grupo Geração.  Eu havia visto esse disco na casa do meu amigo e grande cavaquinhista Paulinho Ribeiro de Oliveira. Ele foi um dos fundadores do ótimo Grupo Sentimento de Posse na Zona Sul de São Paulo. Tempos depois ainda pedi o disco emprestado mas o mesmo pertencia a outro componente do grupo , o pandeirista Alex (que aliás era dono desse e de mais outros bons discos de pagode, como o do grupo Improviso). 

Mas enfim sei que o Grupo Geração foi formado pelos idos da década de 1990 e era do ABC paulista (tinha gente de Santo André e São Bernardo do Campo).

Voltando ao LP intitulado Pra Ser feliz,  foi gravado no saudoso estúdio Camerati (Santo André em 1992) e foi lançado em 1993 pela gravadora Choppappo Produções Artísticas. Antes disso o grupo havia gravado em 1991 a música Anseios na coletânea da Choperia Chopappo volume 1 (juntamente com os grupos  Exaltasamba, Katinguelê e Pé de Moleque). 

Uma das músicas que mais tocaram foi a linda, Amor Sensual (Marcos Arrojo/Dhema), com a participação do cantor Dhema. Mas  destaco outras faixas também, como Colibri (Nadão/Ademir) - repare a introdução do bem tocado violão de sete cordas, que lembra muito a da música Gandaia do Exaltasamba. Tem também a música Espera (Dedé Paraíso/Eunice Rosa) com uma harmonia e melodia bem diferentes. Destaque também para as faixas Pra Ser Feliz (Douglinhas/Eraldo Acioly/Pelé), Amor (Douglinhas/Eraldo Acioly/Andre Luiz)  e os partidos Viola de Lei (Nadão/Cleiton Moreira/Ademir) e Língua Venenosa (Deolindo). É um disco com um som bem legal, arranjos do Maestro Jobam. O vocal de Deolindo é bem maduro e conta com o apoio de um coral afinado. Em alguns momentos lembra a sonoridade do disco do Chora Menino – Canto das Raças Axé. O grupo se apresentou em várias casas de samba no ABC e em São Paulo tais como Caipilona, Viva Brasil, Patusco, Babilônia, Chopappo,  Casablanca e outras.

No disco tem composições dos componentes do grupo como Deolindo, Xavier e Frutuoso e também de nomes como Adilson Caveira, Pelé, Toninho Nascimento, Noca da Portela, Tranka e outros.  Os músicos que participaram do disco foram; Mário Testoni Jr. (Teclado),  Fabio Canela (Baixo), Breno (Violão de 7 cordas), Toca (Bateria), Mokita (Pandeiro), Brucutú (Congas) e Freddy (Percussão).  O grupo Geração era formado por Frutuoso (Violão), Deolindo (Repique de Mão), Silvinho (Percussão Geral), Zé Maria (Pandeiro), Hamilton (Tantã), Hélio (Teclado) e Xavier (Cavaquinho). Eles gravaram outro álbum, em 1995 pela gravadora Velas/Crescent.



Curiosidade: O músico Theo que toca no grupo Exaltasamba também fez parte do Geração no comecinho. Esses dias na comunidade Bandeira do Samba no facebook, alguém citou que um dos componentes do grupo Geração foi uma das vítimas fatais da favela Naval em Diadema. O caso ocorreu em 1997, onde policiais do 24º Batalhão da Polícia Militar espancaram três ocupantes de um Gol branco (Gerson Capucci, Jeferson Sanches e Mario Josino). Em seguida o policial Otávio Lourenço Gambra, conhecido como Rambo,  atira duas vezes em direção ao carro, atingindo a nuca de Mario José Josino. Reli algumas reportagens e não há nenhuma menção ao grupo Geração e sim que Mario Josino nas horas vagas gostava de tocar pagode com amigos da região onde morava (São Bernardo do Campo). E também na contra capa deste disco, cruzando os nomes dos componentes, não consta Mario Josino, mas enfim... não obtive a confirmação da veracidade dessa informação se a vitima do caso Favela Naval realmente tocava no grupo, aqui evoco a cooperação textual, se alguém souber detalhes nos avise...
 

clique na capa e curta

http://www74.zippyshare.com/v/29100276/file.html

Um comentário:

Marcelo de la Veiga disse...

Parabéns Marcelo Santos Costa como sempre, otima matéria, vc é nosso colunista, blogueiro, ou jornalista do samba? rsrs... sempre atento ao que rola de melhor em nossas pesquisas históricas de resgate.